São Dimas, o Bom Ladrão

São Dimas, o Bom Ladrão

São Dimas foi um dos ladrões crucificados ao lado de Cristo. A história conta que ele e mais dois ladrões estavam a caminho do Egito quando encontraram a Família Sagrada. Os dois bandidos praticaram o roubo, mas o terceiro não permitiu que os outros fizessem mal aos pais e àquela criança. Foi Dimas quem, mesmo sem saber de quem se tratava, protegeu José, a virgem Maria e o Menino Jesus.

Anos mais tarde, como forma de pagar pelos seus crimes, ele foi condenado a morte, à crucificação. Lá estavam: Jesus, Dimas e mais um ladrão. Dimas e o amigo, estando ao lado de Cristo, começaram a zombar do Senhor. O amigo questionava que se Jesus fosse mesmo o salvador, que salvasse ele próprio e os dois bandidos. De repente Dimas, que também caçoava de Jesus, muda de opinião dizendo: “Nem ao menos temes a Deus, estando sob igual sentença? Nós, na verdade, com justiça, porque recebemos o castigo que os nossos atos merecem; mas este nenhum mal fez. E acrescentou: Jesus, lembra-te de mim quando vieres no teu reino. Jesus lhe respondeu: Em verdade te digo que hoje estarás comigo no paraíso” (Lucas 23:39-43). Pelo seu arrependimento pouco antes de morrer, Dimas foi o primeiro a adentrar os céus ao lado de Cristo.

Compartilhe com seus amigos:
Mauricio Jr.

Discípulo da Comunidade Católica Rainha da Paz

<-- 4539333 -->