GRAVIDEZ INESPERADA, GRAVIDEZ NÃO PLANEJADA, O QUE FAZER?

GRAVIDEZ INESPERADA, GRAVIDEZ NÃO PLANEJADA, O QUE FAZER?

Como este dia é especial para mim! Dia da encarnação do Verbo. Dia em que relembro o recebimento de onze testes de gravidez. Uns com alegria! Outros com espanto! Outros com lágrimas! Outros com medo! Mas pela graça de Deus, acolhidos, aceitos, amados!

Maria nos ensina que “gravidez inesperada” precisa ser acompanhada de um “sim cheio” de amor efetivo (de atos) mais que afetivo (de sentimento).

Maria nos ensina que “gravidez não planejada” precisa ser acolhida com a firmeza da obediência a Deus, da convicção de que é uma honra que Deus nos dá, sermos participantes com Ele da criação da humanidade.

Maria nos ensina que, até “gravidez de mãe solteira” como a dela foi, mesmo que por uns momentos, precisa ser gravidez aceita por amor à vida que já esta dentro da mãe. Precisa ser aceita porque Deus tem um projeto para aquele que está em nosso útero.

Hoje, peço a Deus, pela intercessão de Maria Santíssima, por todas as todas as mães que recebem notícias de que estão grávidas, sejam em qualquer circunstância. Que, passada a surpresa inicial, percorram um caminho de abrir-se à maternidade com a certeza de que não estão sós, mas que as acompanhará a força do Espírito Santo e a providência de Deus, como acompanhou Maria.

Quem sabe, se este filho que hoje é motivo de surpresa e até perturbação, não será a sua salvação como foi o bebê Jesus a salvação de Maria e a nossa salvação…

“Filhos são bênçãos de Deus, sempre, e em quaisquer circunstâncias…”

Tásia Maria Montenegro Santiago

Fundadora da Comunidade Católica Rainha da Paz

Compartilhe com seus amigos:
Edson Filho

Consagrado da Comunidade Católica Rainha da Paz

<-- 4539333 -->