CAMINHAR SEMPRE

Se você olhar bem vai perceber que todos nós temos uma grande tendência a nos instalarmos, a nos repetirmos, a buscarmos algo que possamos fazer sempre sem mudar muito ou quase nada. Cito alguns exemplos insignificantes do nosso dia-a-dia, mas que podem nos dar uma noção daquilo que quero dizer.
Quando sentamos à mesa em nossas casas para alguma refeição, por exemplo, geralmente sentamos sempre no mesmo lugar. Se vamos à igreja costumamos nos sentar sempre no mesmo lugar ou ao menos do mesmo lado da igreja. Se vamos fazer um curso qualquer ou ouvir algumas palestras que dure alguns dias, no decorrer do curso, perceberemos que buscaremos os mesmos lugares. Enfim, tendemos a nos rotinizar. E basta sugerir alguma mudança pra vermos a resistência a ela. Mil justificativas, argumentos dos mais variados para continuar sem mudar. Na verdade, poderíamos dizer sem crescer, sem progredir. Sim, porque para crescermos é preciso mudar. É preciso ter a coragem de sair dos nossos esquemas, de nos lançarmos em algo novo ainda que nos pareça, à primeira vista, demasiadamente desafiador.
Mudar significa abrir novas possibilidades, novos caminhos, novos rumos. Talvez mudar não signifique necessariamente fazer ou viver outra coisa diferente do que vivemos até hoje – isso se o que vivemos seja algo bom – mas, fazer, ou melhor, viver de um jeito diferente, melhor, novo. Converter-se é um processo contínuo que não se restringe a sair de algo ruim para algo bom, mas é também sair de um bem e progredir para um bem ainda maior. Ou seja, mesmo fazendo coisas boas, vivendo perto de Deus necessitaremos estar sempre caminhando.
Alguém pode ingenuamente pode dizer que Deus nos aceita como somos. E é verdade! Porém, isso não significa que ele quer que permaneçamos sempre do mesmo jeito. Nossas fraquezas, limites e inconsistências não devem nos servir de desculpas para estagnarmos na caminhada, muito pelo contrário, devem servir de trampolim para nos fazer crescer e amadurecer até chegarmos à estatura de Cristo. Portanto, caminhemos com coragem e ânimo! Não tenhamos medo de mudar e abrir-nos ao novo diário que Deus tem para cada um de nós.