Missão São Lucas

HISTÓRIA DA ABERTURA DA CASA SÃO LUCAS
Em meados do ano 2000 havia um pequeno grupo de pessoas, composto de jovens e adultos, que moravam no bairro do Alto da Brasília em Sobral e haviam experimentado o amor de Deus através da Evangelização promovida pelo Carisma Rainha da Paz. Eram eles: Hilda, Toinha, Cristiane, Conceição, Nazareno e Joel. Após sua experiência pessoal com o Senhor perseveravam na caminhada frequentando a grupos de oração na sede da Comunidade Rainha da Paz.
No ano de 2001 a jovem Conceição foi convidada a participar de um retiro da Comunidade na casa de retiros da Serra da Meruoca. Nesse retiro ela foi abordada pela Fundadora da Comunidade, Tásia Maria Montenegro Santiago que lhe manifestou o desejo de após o retiro, quando voltassem para sobral, se reunir com aqueles irmãos do Alto da Brasília que estavam participando dos grupos de oração na sede da Comunidade.
Após os dias de retiro aquele pequeno grupo atendeu ao pedido da Fundadora. Na dita reunião Tásia lhes fez uma proposta: Se estavam dispostos a abrir uma Missão da Comunidade Rainha da Paz no Bairro Alto da Brasília. Eles acolheram aquela proposta com muita alegria, pois, ela era uma confirmação aos anseios que o próprio Espírito já havia suscitado no coração de algumas pessoas daquele grupo. E com muito zelo e dedicação ofertaram seu sim ao chamado que vinha do Senhor a levar-lhes as águas mais profundas, da experiência de Deus e da Evangelização.
Iniciaram a busca por concretizar esse chamado de Deus com a abertura de um pequeno grupo de oração, ainda sem nome, que por falta de um lugar adequado para se reunir, encontravam-se na Associação Comunitária dos Moradores do bairro. Havia tanto no coração daquele pequeno, mas fervoroso grupo, quanto no coração do governo geral da Comunidade o desejo de encontrar naquela terra de missão um lugar adequado para dignamente receber o povo de Deus que já era atraído pela força do Carisma.
Nas noites, a Hilda e a Conceição saiam pelas ruas do bairro procurando uma casa que estivesse disponível para ser alugada e que fosse apta a sediar a missão nascente. Chegaram até a encontrar uma casa que atraiu o olhar da fundadora, pois na sua estrutura revelava traços que lhe lembrava a Virgem Maria. Chamou sua atenção principalmente a cor azul, cor do manto da Virgem. No entanto ainda não era esse o lugar que Deus tinha preparado, pois não tinha estrutura suficiente para acolher a Comunidade.
Em uma reunião daquele pequeno núcleo, designado para abrir a Missão, juntamente com membros do conselho geral, que acontecia na antiga Casa da Comunidade de Vida Kraljica Mira, foram mais uma vez surpreendidos pela manifestação da Providência Divina. Dois irmãos da Comunidade (Chicão e Toinho), que trabalhavam no ramo imobiliário, dispuseram uma de suas casas em um lugar central do Alto da Brasília para ser a nova Casa de Missão da Comunidade. A casa, que permanece até hoje como sede da Missão, tinha uma estrutura ideal para acolher a Comunidade.
Após os preparativos e a organização da nova casa a Fundação juntamente com o núcleo local se reuniram, já na casa, no dia 09 de 0utubro de 2001, para acertar os últimos detalhes da abertura oficial. Nesta reunião Deus confirmava a abertura da Missão ao dar-lhes uma palavra rema de Tiago 1, 22-25:
“Sede cumpridores da palavra e não apenas ouvintes; isto equivaleria a vos enganardes a vós mesmos. Aquele que escuta a palavra sem a realizar assemelha-se a alguém que contempla num espelho a fisionomia que a natureza lhe deu: contempla-se e, mal sai dali, esquece-se de como era. Mas aquele que procura meditar com atenção a Lei perfeita da liberdade e nela persevera – não como ouvinte que facilmente se esquece, mas como cumpridor fiel do preceito –, este será feliz no seu proceder.”
Como estavam no mês de outubro o co-fundador Tony Castro sugeriu que a Casa fosse aberta oficialmente no dia de São Lucas Evangelista e que esse Santo desse nome também a Casa de Missão. Esse sentimento foi confirmado pela co-fundadora Rosana Feijão, já que como São Lucas foi o médico de homens e de almas, aquela casa também seria uma fonte de cura para muitos naquele bairro e nos derredores.
No dia 18 de outubro de 2001 Celebrava-se a Santa Missa em Ação de Graças pela a abertura da Casa São Lucas. A Eucaristia foi presidida pelo, então Bispo da Diocese de Sobral, Dom Aldo di Cillo Pagotto e junto com ele celebravam com muito fervor e gratidão, a Comunidade Rainha da Paz e o povo daquela terra de missão. Elevavam a Deus o seu Louvor pois o Senhor havia escolhido aquela Terra e lá fixava sua morada (Cf. Sl 131, 13-14).
A partir dessa data a casa começou a funcionar com um grupo semanal, grupo que ainda permanece até os dias atuais. No início da Missão esse grupo sempre foi muito visitado pela Fundadora e por outros irmãos Consagrados da Sede da Comunidade, o que fomentava a fraternidade, a comunhão e o sentido de pertença ao Carisma Rainha da Paz.
No intuito de estreitar os laços com os moradores do bairro surgiu no início um serviço bem peculiar da Missão: O ministério da Calçada. Os irmãos do grupo se dividiam durante as noites da semana e ficavam sentados em frente à casa, o que permitia que a Casa estivesse aberta todos os dias, e principalmente, deixava irmãos disponíveis para acompanhar as ovelhas que desejavam vir até a Casa do Senhor para rezar, partilhar e viver a convivência da vida em Comunidade.
Com o passar do tempo a Missão foi se estruturando e pode acolher os primeiros Missionários da Comunidade de Vida: O Casal Robério e Telma. “A chegada da Comunidade de Vida deu uma nova vida a Missão. Nos permitiu estruturar-se como Missão” (Hilda). O Serviço da Obra foi crescendo e “novas mãos se juntaram a nós” o que permitia a abertura de novos Grupo de Oração, Projetos de Evangelização e Ministérios de serviço.
Com a Missão estruturada aquele primeiro grupo, que foi semente da Missão, finalmente recebeu um nome: PORTA DO CÉU. E a exemplo de Nossa Senhora é isso que, não só aquele grupo, mas, toda a Obra Rainha da Paz tem sido nestes bairros, uma Porta do Céu, onde os Filhos de Deus, chagados pelo mal podem acessar ao Pai que lhes ama e quer curar definitivamente todas as suas feridas, principalmente as da alma. Essa cura, Deus tem realizado, por meio desse carisma, por meio dos irmãos, antigos e novos, que ofertam o precioso dom de suas vidas a Deus através da Adoração e da Evangelização.


From Show de Natal 2018. Posted by Rainha da Paz – Missão São Lucas on 12/24/2018 (40 items)

Generated by Facebook Photo Fetcher 2