NOVENAS DE NOSSA SENHORA DE MEDJUGORJE A RAINHA DA PAZ

1° Dia
Com o título “Um presente para Nossa Senhora”, a novena a ser rezada diariamente, de 16 a 24 de junho, consta de:

1) Uma intenção para cada dia da novena;
2) Oração à Rainha da Paz;
3) Oração ao Espírito Santo;
4) Reza do Terço (Mistérios Gloriosos);
5) Textos para meditação preestabelecidos e diferentes para cada dia da novena:
a) um trecho do Santo Evangelho,
b) uma mensagem de Nossa Senhora,
c) um trecho do Catecismo da Igreja Católica;
6) Ladainha de Nossa Senhora;
7) Oração final própria para cada dia.
Junte-se a nós nesta novena!

NOVENA
1º Dia (16/06):_____________________________
Pelo Sinal da Santa Cruz, livrai-nos, Deus, Nosso Senhor, dos nossos inimigos. Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém.
Rezemos pelos videntes
1. Oração à Rainha da Paz
Mãe de Deus e Mãe nossa, Maria, Rainha da Paz! Viestes até aqui para conduzir-nos a Deus. Alcançai-nos dEle a graça de podermos não apenas dizer: “Faça-se em mim segundo a Vossa palavra!”, mas também poder vivê-la como Vós o fizestes. Em vossas mãos colocamos as nossas para que, em meio a todas as dificuldades e misérias, possais conduzir-nos a Jesus. Por Cristo, nosso Senhor. Amém!
Rezar o Creio
7 Pai-Nossos, 7 Ave-Marias e 7 Glórias ao Pai
2. Oração ao Espírito Santo
Oh vinde, Espírito Criador,
as nossas almas visitai
e enchei os nossos corações
com vossos dons celestiais.
Vós sois chamado o Intercessor,
do Deus excelso o dom sem par,
a fonte viva, o fogo, o amor,
a unção divina e salutar.
Sois doador dos sete dons,
e sois poder na mão do Pai,
por ele prometido a nós,
por nós seus feitos proclamais.
A nossa mente iluminai,
os corações enchei de amor,
nossa fraqueza encorajai,
qual força eterna e protetor.
Nosso inimigo repeli,
e concedei-nos vossa paz;
se pela graça nos guiais,
o mal deixamos para trás.
Ao Pai e ao Filho Salvador
por vós possamos conhecer.
Que procedeis do seu amor
fazei-nos sempre firmes crer.
Vinde Espírito Santo, enchei os corações de vossos fiéis e acendei neles o fogo do vosso amor.
Enviai, Senhor, o Vosso Espírito e tudo será criado.
E renovareis a face da terra.
Oremos: Ó Deus que instruístes os corações de vossos fiéis com a luz do Espírito Santo, fazei que apreciemos retamente todas as coisas segundo o mesmo Espírito e gozemos sempre de sua consolação. Por Cristo, Senhor nosso. Amém!
3. Reza do Terço (Mistérios Gloriosos).
1º mistério: A ressurreição de Nosso Senhor Jesus Cristo
(Pai Nosso, 10 Ave-marias, Glória ao Pai, Oh meu Jesus)

2º mistério: A ascensão de Nosso Senhor Jesus Cristo ao céu
(Pai Nosso, 10 Ave-marias, Glória ao Pai, Oh meu Jesus)
3º mistério: A vinda do Espírito Santo
(Pai Nosso, 10 Ave-marias, Glória ao Pai, Oh meu Jesus)
4º mistério: A assunção de Nossa Senhora ao céu
(Pai Nosso, 10 Ave-marias, Glória ao Pai, Oh meu Jesus)
5ª mistério: A coroação de Nossa Senhora como Rainha do céu e da terra.
(Pai Nosso, 10 Ave-marias, Glória ao Pai, Oh meu Jesus)
4. Textos para a Meditação:
Jesus disse a seus discípulos: “Isto é o que vos dizia quando ainda estava convosco: era necessário que se cumprisse tudo o que de mim está escrito na Lei de Moisés, nos profetas e nos Salmos.” Abriu-lhes então o espírito, para que compreendessem as Escrituras, dizendo: “Assim é que está escrito, e assim era necessário que Cristo padecesse, mas que ressurgisse dos mortos ao terceiro dia. E que em seu nome se pregasse a penitência e a remissão dos pecados a todas as nações, começando por Jerusalém. Vós sois as testemunhas de tudo isso. Eu vos mandarei o Prometido de meu Pai; entretanto, permanecei na cidade, até que sejais revestidos da força do alto.” (Lc 24, 44-49)
Queridos filhos! Hoje, agradeço-lhes por viverem e testemunharem com sua vida minhas mensagens. Filhinhos, sejam fortes e rezem para que a oração lhes dê força e alegria. Somente assim cada um de vocês será meu e Eu os conduzirei pela estrada da salvação. Filhinhos, rezem e testemunhem com sua vida minha presença aqui. Que cada dia seja para vocês um alegre testemunho do amor de Deus. Obrigada, por terem correspondido a Meu apelo. (Mensagem de 25/06/99)
“A oração é a elevação da alma a Deus ou o pedido a Deus dos bens convenientes”. De onde falamos nós ao rezar? Das alturas de nosso orgulho e vontade própria, ou das “profundezas” (Sl 130,14) de um coração humilde e contrito? Quem se humilha será exaltado. A humildade é o fundamento da oração. “Não sabemos o que pedir como convém” (Rm 8,26). A humildade é a disposição para receber gratuitamente o dom da oração; o homem é um mendigo de Deus. (Catecismo da Igreja Católica: 2559)
5. Ladainha de Nossa Senhora
Senhor, tende piedade de nós.
Jesus Cristo, tende piedade nós.
Senhor, tende piedade de nós.
Jesus Cristo, ouvi-nos.
Jesus Cristo, atendei-nos.
Deus Pai dos Céus, tende piedade de nós.
Deus Filho, Redentor do mundo, tende piedade de nós.
Deus Espírito Santo, tende piedade de nós.
Santíssima Trindade, que sois um só Deus, tende piedade de nós.
Santa Maria, rogai por nós.
Santa Mãe de Deus,
Santa Virgem das Virgens,
Mãe de Jesus Cristo,
Mãe da divina graça,
Mãe puríssima,
Mãe castíssima,
Mãe imaculada,
Mãe intacta,
Mãe amável,
Mãe admirável,
Mãe do bom conselho,
Mãe do Criador,
Mãe do Salvador,
Mãe da Igreja,
Virgem prudentíssima,
Virgem venerável,
Virgem louvável,
Virgem poderosa,
Virgem benigna,
Virgem fiel,
Espelho de justiça,
Sede da sabedoria,
Causa da nossa alegria,
Vaso espiritual,
Vaso honorífico,
Vaso insigne de devoção,
Rosa mística,
Torre de Davi,
Torre de Marfim,
Casa de Ouro,
Arca da Aliança,
Porta do Céu,
Estrela da Manhã,
Saúde dos enfermos,
Refúgio dos pecadores,
Consoladora dos aflitos,
Auxílio dos cristãos,
Rainha dos anjos,
Rainha dos patriarcas,
Rainha dos profetas,
Rainha dos apóstolos,
Rainha dos mártires,
Rainha dos confessores,
Rainha das virgens,
Rainha de todos os santos,
Rainha concebida sem pecado original,
Rainha assunta ao Céu,
Rainha do Santíssimo Rosário,
Rainha da Paz,
Cordeiro de Deus, que tirais o pecado do mundo, perdoai-nos Senhor.
Cordeiro de Deus que tirais o pecado do mundo, ouvi-nos, Senhor.
Cordeiro de Deus que tirais o pecado do mundo, tende piedade de nós.
Oremos: Infundi, ó Deus, a vossa graça em nossas almas para que nós, que pela Anunciação do Anjo conhecemos a Encarnação Jesus Cristo, vosso Filho e Senhor nosso, cheguemos, por Sua vida, paixão e morte na Cruz, à glória da Ressurreição. Pelo Cristo, nosso Senhor. Amém!
Salve Rainha, Mãe de Misericórdia, vida, doçura e esperança nossa, salve! A Vós bradamos, os degredados filhos de Eva; a Vós suspiramos, gemendo e chorando neste vale de lágrimas. Eia, pois, Advogada nossa, esses Vossos olhos misericordiosos a nós volvei e, depois deste desterro, mostrai-nos Jesus, bendito Fruto do Vosso ventre, ó Clemente, ó Piedosa, ó Doce, sempre Virgem Maria.
Rogai por nós, Santa Mãe de Deus,
Para que sejamos dignos das promessas de Cristo. Amém.
6. Oração final
Senhor, Vós chamais todos nós, cristãos, a sermos fiéis testemunhas de Vossa vida e de Vosso amor. Hoje, rendemo-Vos graças, de maneira especial, pelos videntes, por sua missão e testemunho que dão das mensagens da Rainha da Paz. Apresentamo-Vos todas as suas necessidades e pedimos por cada um deles para que Vós estejais perto deles e os ajudeis a crescer incessantemente na experiência de Vossa força. Pedimo-Vos que, por meio de uma oração cada vez mais profunda e humilde, Vós possais conduzi-los a um testemunho sincero da presença de Nossa Senhora em Mediugórie. Amém!
Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém.
Hino de Mediugórie
A Vós vimos, Mãe querida,
De toda a parte da Terra,
Trazendo-Vos nossas dores
E também nossa esperança.
Ref.: Volvei-nos o olhar consolador!
Vossas mãos estendei sobre nós,
Suplicando a vosso Filho,
Rainha da Paz, rogai! (bis)
Prá Vós olha toda a Igreja,
Como a estrela da salvação.
Abraçai-nos, purificai-nos,
De coração vos pedimos.
De nossa cidade e campos,
De todas Nações do mundo,
Difundimos vossa glória,
E exaltamos vosso Nome.
Por todo o amor, ó Mãe,
Que sobre nós derramastes,
Prometemos ser melhores
Do que fomos no passado.
Tradução: Servos da Rainha
Prosódia musical: Prof. Josephina Stival dos Santos

2° Dia

2º Dia (17/06):

Rezemos pelos Sacerdotes que trabalham no Santuário de Mediugórie

  1. Oração à Rainha da Paz
  2. Oração ao Espírito Santo
  3. Reza do Terço (Mistérios Gloriosos).
  4. Textos para a Meditação:

Jesus disse a seus discípulos: “Em verdade, em verdade vos digo: aquele que crê em mim fará também as obras que eu faço, e fará ainda maiores do que estas, porque vou para junto do Pai. E tudo o que pedirdes ao Pai em meu nome, vo-lo farei , para que o Pai seja glorificado no Filho. Qualquer coisa que me pedirdes em meu nome, vo-lo farei.” 
(Jo 14, 12-14)

Queridos filhos! Hoje estou com vocês de uma forma especial e trago-lhes a minha benção materna da paz. Rezo e intercedo por vocês diante de Deus a fim de que compreendam que cada um de vocês é portador da paz. Vocês não podem ter paz se seus corações não estiverem em paz com Deus. Por isso, filhinhos, rezem, rezem, rezem porque a oração é o fundamento da sua paz. Abram os seus corações e dêem o tempo ao Senhor, para que Ele seja o amigo de vocês. Quando se cria uma verdadeira amizade com Deus, nenhuma tempestade pode destruí-la. Obrigada, por terem correspondido a Meu apelo. (Mensagem de 25/06/97)

Se conhecesses o dom de Deus” (Jo 4,10)! A maravilha da oração se revela justamente aí, à beira dos poços aonde vamos procurar nossa água; é aí que Cristo vem ao encontro de todo ser humano, é o primeiro a nos procurar e é ele que pede de beber. Jesus tem sede, seu pedido vem das profundezas de Deus que nos deseja. A oração, quer saibamos ou não, é o encontro entre a sede de Deus e a nossa. Deus tem sede que nós tenhamos sede dele. 
“Tu é que lhe pedirias e ele te daria água viva” (Jo 4,10). Nossa oração de pedido é, paradoxalmente, uma resposta. Resposta à queixa do Deus vivo: “Eles me abandonaram, a fonte de água viva, para cavar para si cisternas furadas!” (Jr 2,13), resposta de fé à promessa gratuita da salvação, resposta de amor à sede do Filho único. 
(Catecismo da Igreja Católica: 2560 – 2561)

  1. Ladainha de Nossa Senhora
  2. Oração final

Senhor, só Vós sois a fonte da vida, o Único que pode saciar nossa sede de amor e de amizade. Nós Vos damos graças porque, em vossa humildade, quisestes entregar-Vos   às pessoas na Santa Missa, nos Sacramentos e na Bênção, por meio da pessoa do sacerdote. Hoje, de maneira especial, imploramos Vossa bênção sobre todos os sacerdotes que exercem o ministério no Santuário da Rainha da Paz. Fazei com que possam descobrir, sempre mais, a força da fé, por meio da qual  Vós podereis conceder-lhes tudo que Vos pedem. Que se tornem autênticos portadores da paz, daquela paz que brota de sua mais profunda amizade Convosco. Amém. 

3° Dia

3º Dia (18/06):

Rezemos pelos fiéis da Paróquia de Mediugórie

  1. Oração à Rainha da Paz
  2. Oração ao Espírito Santo
  3. Reza do Terço (Mistérios Gloriosos).
  4. Textos para a Meditação:

Jesus disse a seus discípulos: “Eu sou a videira; vós, os ramos. Quem permanecer em mim e eu nele, esse dá muito fruto; porque sem mim nada podeis fazer. Se alguém não permanecer em mim será lançado fora, como o ramo. E ele secará e hão de ajuntá-lo e lançá-lo ao fogo, e queimar-se-á. Se permanecerdes em mim, e as minhas palavras permanecerem em vós, pedireis tudo o que quiserdes e vos será feito. Nisto é glorificado meu Pai, para que deis muito fruto e vos torneis meus discípulos. Como o Pai me ama, assim também eu vos amo. Perseverai no meu amor. Se guardardes os meus mandamentos, sereis constantes no meu amor, como também eu guardei os mandamentos de meu Pai e persisto no seu amor. Disse-vos essas coisas para que a minha alegria esteja em vós, e a vossa alegria seja completa.” (Jo 15, 5-11)

Queridos filhos! Hoje agradeço a vocês por todos os sacrifícios que Me ofereceram nestes dias. Filhinhos, convido-os a abrirem-se a Mim e a decidirem-se pela conversão. Os seus corações, filhinhos, ainda não estão completamente abertos a Mim; por isso, convido-os novamente a abrirem-se à oração para que o Espírito Santo os ajude a rezar e os seus corações sejam de carne e não de pedra. Filhinhos, obrigada por terem correspondido ao Meu apelo e por terem se decidido a caminhar comigo para a santidade. Obrigada, por terem correspondido a Meu apelo. (Mensagem de 25/06/96)

De onde vem a oração humana? Qualquer que seja a linguagem da oração (gestos e palavras), é o homem todo que reza. Mas para designar o lugar de onde brota a oração, as Escrituras falam às vezes da alma ou do espírito, geralmente do coração (mais de mil vezes). É o coração que reza. Se ele está longe de Deus, a expressão da oração é vã.
(Catecismo da Igreja Católica: 2562)

  1. Ladainha de Nossa Senhora
  2. Oração final

Senhor, nós Vos agradecemos pelo vosso amor. Agradecemo-Vos pelo convite para permanecermos em Vós e, assim, produzir muitos frutos. Obrigado por terdes escolhido a paróquia de Mediugórie de maneira especial, entregando-a a vossa Mãe, a Rainha da Paz, que desse lugar chama o mundo à paz e à reconciliação, à conversão por meio da renovação do jejum e da oração… Agradecemo-Vos pela abertura de cada coração que soube acolhê-la e aceitar ser um sinal visível para todas as pessoas que chegam em Mediugórie. Pedimo-Vos hoje, Senhor, que façais desta paróquia um sinal ainda maior do Reino de Deus e que ajudeis aos paroquianos a se tornarem alegres e santos frutos da presença de Nossa Senhora. Amém. 

4° Dia

4º Dia (19/06):

Rezemos por todos os responsáveis da Igreja

  1. Oração à Rainha da Paz
  2. Oração ao Espírito Santo
  3. Reza do Terço (Mistérios Gloriosos).
  4. Textos para a Meditação:

Jesus disse a seus discípulos: “Eu sou a luz do mundo; aquele que me segue não andará nas trevas, mas terá a luz da vida.”  (Jo 8,12)

Queridos filhos! Hoje estou feliz em vê-los em tão grande número e por terem correspondido e terem vindo para viver as minhas mensagens. Filhinhos, convido-os a serem os meus alegres mensageiros de paz neste mundo inquieto. Rezem pela paz para que, o quanto antes, reine um tempo de paz que o meu Coração espera com impaciência. Eu estou perto de vocês, filhinhos, e intercedo diante do Altíssimo por cada um de vocês e os abençôo a todos com a Minha benção materna. Obrigada, por terem correspondido a Meu apelo. (Mensagem de 25/06/95)

O coração é a casa em que estou, onde moro (segundo a expressão semítica ou bíblica: aonde eu “desço”). Ele é nosso centro escondido, inatingível pela razão e por outra pessoa; só o Espírito de Deus pode sondá-lo e conhecê-lo. Ele é o lugar da decisão, no mais profundo das nossas tendências psíquicas. É o lugar da verdade, onde nós escolhemos a vida ou a morte. É o lugar do encontro,  pois à imagem de Deus vivemos em relação; é o lugar da Aliança. (Catecismo da Igreja Católica: 2563)

  1. Ladainha de Nossa Senhora
  2. Oração final

Senhor, nós Vos agradecemos por dar-nos a Igreja por Mãe e Esposa, para que, em nosso peregrinar terreno  para Vós, nos guieis pela estrada da luz. Agradecemo-Vos porque na Igreja todos somos irmãos e irmãs, e membros do Vosso Corpo Místico. Hoje, rezamos por aqueles que estão a frente da Vossa Igreja, para que incessantemente renovem sua aliança Convosco, única e verdadeira Cabeça da Igreja, para que possam tornar-se fiéis e alegres portadores da paz e da Verdade neste mundo atribulado. Amém! 

5° Dia

5º Dia (20/06):

Rezemos por todos os peregrinos que já visitaram Mediugórie

1. Oração à Rainha da Paz

2. Oração ao Espírito Santo

3. Reza do Terço (Mistérios Gloriosos).

4. Textos para a Meditação:

Em seguida, convocando a multidão juntamente com seus discípulos, disse-lhes Jesus: “Se alguém quer me seguir, renuncie-se a si mesmo, tome a sua cruz e siga-me. Porque o que quiser salvar a sua vida, perdê-la-á; mas o que perder a sua vida por amor de mim e do Evangelho, salvá-la-á. Pois que aproveitará ao homem ganhar o mundo inteiro, se vier a perder a sua vida?  Ou que dará o homem em troca da sua vida?  (Mc 8, 34-37)

Queridos Filhos! Hoje estou feliz, ainda que no meu Coração haja um pouco de tristeza, por causa de todos aqueles que iniciaram este caminho e depois o abandonaram. A minha presença aqui é, pois, para conduzi-los por um caminho novo, o caminho da salvação. Por isso, convido-os, dia após dia, à conversão. Mas, se não rezarem, não poderão dizer que se converteram. Eu rezo por vocês e intercedo junto de Deus para que venha a paz, primeiro aos seus corações e, depois, também ao redor de vocês. Que Deus seja a paz de vocês. Obrigada, por terem correspondido a Meu apelo. 
(Mensagem de 25/06/92)

A oração cristã é uma relação de Aliança entre Deus e o homem em Cristo. É a ação de Deus e do homem; brota do Espírito e de nós, dirigida para o Pai, em união com a vontade humana do Filho de Deus feito homem. (Catecismo da Igreja Católica: 2564)

5. Ladainha de Nossa Senhora

6. Oração final 
  
Nossa vida, Senhor, está em Vossas mãos. Somente Vós sabeis o que é necessário para a nossa salvação. Nós Vos agradecemos porque em Mediugórie, já por 20 anos,  Vossa Mãe, aparece para conduzir-nos por uma nova estrada, a estrada da salvação. Abençoai e fortalecei todos aqueles que começaram a percorrer o caminho da conversão e da oração em Mediugórie. Fortalecei sua fé, sua esperança e caridade, e não permitais que jamais traiam sua aliança Convosco. Amém! 

6° Dia

6º Dia (21/06):

Rezemos por todos os peregrinos que ainda visitarão Mediugórie

1. Oração à Rainha da Paz

2. Oração ao Espírito Santo

3. Reza do Terço (Mistérios Gloriosos).

4. Textos para a Meditação:

Naquele tempo, Jesus pronunciou estas palavras: “Eu te bendigo, Pai, Senhor do céu e da terra, porque escondeste estas coisas aos sábios e entendidos e as revelaste aos pequeninos.  Sim, Pai, eu te bendigo, porque assim foi do teu agrado. Todas as coisas me foram dadas por meu Pai; ninguém conhece o Filho, senão o Pai, e ninguém conhece o Pai, senão o Filho e aquele a quem o Filho quiser revelá-lo. Vinde a mim, vós todos que estais aflitos sob o fardo, e eu vos aliviarei. Tomai meu jugo sobre vós e recebei minha doutrina, porque eu sou manso e humilde de coração e achareis o repouso para as vossas almas. Porque meu jugo é suave e meu peso é leve.” (Mt 11, 25-30)

Querido filhos! Também hoje eu me alegro com a presença de vocês aqui. Abençô-os com a benção maternal e intercedo junto a Deus por cada um de vocês. Eu os convido, novamente, a viver as minhas mensagens e a colocá-las em prática em suas vidas. Estou com vocês e os abençôo a todos, a cada dia. Queridos filhos, estes tempos são tempos especiais; é por isso que Eu estou com vocês para amá-los e protegê-los: para proteger de satanás os seus corações e aproximar todos vocês, sempre mais, do meu Filho Jesus. Obrigada, por terem correspondido a Meu apelo. (Mensagem de 25/06/93)

Na Nova Aliança, a oração é a relação viva dos filhos de Deus com seu Pai infinitamente bom, com seu Filho Jesus Cristo e com o Espírito Santo. A graça do reino é a “união de toda a Santíssima Trindade com o espírito pleno”. A vida de oração desta forma consiste em estar habitualmente na presença de Deus três vezes Santo e em comunhão com Ele. Esta comunhão de vida é sempre possível, porque, pelo Batismo, nos tornamos um mesmo ser com Cristo. A oração é cristã enquanto é comunhão com Cristo e se estende à Igreja que é seu Corpo. Suas dimensões são as do Amor de Cristo. 
(Catecismo da Igreja Católica: 2565)

5. Ladainha de Nossa Senhora

6. Oração final

Senhor, não fomos nós que Vos escolhemos, mas Vós que nos escolhestes. Somente Vós conheceis todos esses “pequenos” aos quais será concedida a graça da manifestação do Vosso amor por meio de Vossa Mãe, em Mediugórie. Pedimos por todos os peregrinos que irão a Mediugórie: protegei seus corações de todo ataque satânico e tornai-os abertos todas as inspirações que vêm do Vosso Coração e do Coração de Maria. Amém! 

7° Dia

7º Dia (22/06):

Rezemos por todos os centros de paz e grupos de oração de Mediugórie espalhados pelo mundo inteiro

  1. Oração à Rainha da Paz
  2. Oração ao Espírito Santo
  3. Reza do Terço (Mistérios Gloriosos).
  4. Textos para a Meditação:

Jesus disse a seus discípulos: “Tudo o quereis que os homens vos façam, fazei-o vós a eles. Esta é a lei e os profetas. Entrai pela porta estreita, porque larga é a porta e espaçoso o caminho que conduzem à perdição e numerosos são os que por aí entram. Estreita, porém, é a porta e apertado o caminho da vida e raros são os que o encontram.” 
(Mt 7, 12-14)

Queridos filhos! Hoje Eu os convido ao amor que é agradável e gracioso a Deus. Filhos, o amor aceita tudo o que é duro e amargo, por causa de Jesus, que é amor. Por isso, queridos filhos, peçam a Deus que venha em seu auxílio, não segundo os seus desejos, mas sim de acordo com o seu amor. Abandonem-se a Deus, para que Ele os possa curar, consolar e perdoar tudo aquilo que, em vocês, é um obstáculo no caminho do amor. Assim, Deus poderá moldar suas vidas e vocês crescerão no amor. Glorifiquem a Deus, ó filhos, com o hino da Caridade (1Cor 13), para que o amor de Deus possa aumentar em vocês, dia após dia, até alcançar a plenitude. Obrigada, por terem correspondido a Meu apelo. (Mensagem de 25/06/88)

Na oração, o Espírito Santo nos une à Pessoa do Filho Único, em sua Humanidade glorificada. Por ela e nela, a nossa oração filial comunga na Igreja com a Mãe de Jesus.

A partir do consentimento dado na fé por ocasião da Anunciação e mantido sem hesitação sob a cruz, a maternidade de Maria se estende aos irmãos e às irmãs de seu Filho “que ainda são peregrinos e expostos aos perigos e às misérias”. Jesus, o único Mediador, é o Caminho da nossa oração; Maria, sua Mãe e nossa Mãe, lhe é totalmente transparente. Maria “mostra o Caminho” (“Hodoghitria”), é seu “sinal”, conforme a iconografia tradicional no Oriente e no Ocidente. 
(Catecismo da Igreja Católica: 2673 – 2674)

  1. Ladainha de Nossa Senhora
  2. Oração final

Oh Senhor, o amor é sinal pelo qual se reconhecem aqueles que são vossos discípulos. Agradecemo-Vos por cada resposta de amor dada na doação e no serviço aos outros. Pedimos por todos os membros dos Grupos de Oração e Centros de Mediugórie do mundo inteiro, para que possam sempre com mais coragem e decisão, unidos a Vossa Mãe, manifestar nas família e nos lugares onde vivem, a estrada estreita, o único caminho que conduz a Vós. Ajudai-os a crescer dia após dia na plenitude de Vosso Amor. Amém! 

8° Dia

9º Dia (24/06):

Rezemos pelas intenções da Rainha da Paz

1. Oração à Rainha da Paz

2. Oração ao Espírito Santo

3. Reza do Terço (Mistérios Gloriosos).

4. Textos para a Meditação:

Naquele tempo, Jesus disse: “Pai, quero que, onde eu estou, estejam comigo aqueles que me deste, para que vejam a minha glória que me concedeste, porque me amaste antes da criação do mundo. Pai justo, o mundo não te conheceu, mas eu te conheci, e estes sabem que tu me enviaste. Manifestei-lhes o teu nome, e ainda hei de lho manifestar,  para que o amor com que me amaste esteja neles, e eu neles.” (Jo 17, 24-26)

Queridos filhos! Convido-os, hoje, à paz do Senhor. Que cada um experimente, no seu coração, aquela paz que o Senhor dá. Hoje, quero abençoá-los a todos: Eu os abençôo com a bênção do Senhor e suplico-lhes, queridos filhos, que vivam e sigam o Meu caminho. Eu os amo e é por isso que muitas vezes dou-lhes conselhos. Agradeço tudo o que estão fazendo, segundo as Minhas intenções. Suplico-lhes: Ajudem-Me, para que Eu possa oferecê-los ao Senhor e os salve, conduzindo-os pela estrada da salvação. Obrigada, por terem correspondido a Meu apelo. (Mensagem de 25/06/87)

A oração de Maria nos é revelada na aurora da plenitude dos tempos. Antes da Encarnação do Filho de Deus e antes da efusão do Espírito Santo, sua oração coopera de maneira única com o plano benevolente do Pai; na Anunciação para a concepção de Cristo, em Pentecostes para a formação da Igreja, Corpo de Cristo. Na fé de sua humilde serva, o Dom de Deus encontra o acolhimento que esperava desde o começo dos tempos. Aquela que o Todo-Poderoso tornou “cheia de graça” responde pela oferenda de todo seu ser: “Eis a serva do Senhor, faça-se em mim segundo tua palavra”.  Fiat, esta é a oração cristã: ser todo dele porque Ele é todo nosso. 
(Catecismo da Igreja Católica: 2617)

5. Ladainha de Nossa Senhora

6. Oração final

Agradecemo-Vos, ó Pai, pelo dom da oração que nos permite tocar Vosso Coração; oração em que Vós vos entregais inteiramente a nós e com a qual nos ensinais a nos entregar inteiramente a Vós. Hoje nós pedimos por todas as intenções da Rainha da Paz e por tudo que é necessário para que o mundo inteiro, por meio de Maria, possa entrar na Vossa glória, na glória da Santíssima Trindade. Amém!

About the author: Ramiro Filho