Ser santo sem deixar de ser jovem

A frase acima nos desafia, pois nos remete a uma idéia muito propagada na sociedade de que santo é coisa de velho e era só nos tempos antigos. Que hoje esse negócio de ser santo não vale à pena e não atrai em nada. Isso porque a idéia de santidade está sempre atrelada à idéia de careta, certinho, pouco popular, enfim tudo o que um jovem não quer ser. Mas a verdade é outra e bem diferente. Primeiro que ser santo não é sinônimo de perfeição, aquele que faz tudo certo, que nunca peca. Santidade nada mais é do que ser feliz. Sim! Ser feliz, de bem com a vida, ter amigos, namorar, etc. Dentro desta concepção arrisco dizer que quanto mais formos santos mais seremos jovens. Teremos mais disposição pra vida. Segundo que foi para a santidade que Deus nos criou. A vontade de Deus e seus planos independem de idade, ela depende é da disponibilidade de cada um, da resposta a este convite que, incansavelmente Deus faz. É desejo Dele e é sempre Ele o mais interessado na nossa felicidade. E você quer ser feliz? E o que você está fazendo para alcançar esta felicidade? Será que você tem procurado por ela no lugar certo e da forma certa? O mundo nos oferece muitos caminhos, que em sua maioria, são bem atraentes, todavia não nos leva uma felicidade verdadeira, mas prazeres momentâneos. Festas, “ficas”, bebidas, drogas, curtição, entre outros programas que os jovens costumam fazer para “aproveitar a vida e a juventude”. E o que fica depois desses “programas”? Será que no outro dia acordo realmente feliz, ou o vazio deixado é bem maior que a alegria da noite passada? Ainda procuramos a felicidade onde ela não está. É em Deus que a felicidade tem sua casa. É somente Nele que ela se encontra plenamente. Ser santo é hoje a necessidade mais profunda do nosso coração, mas nem sempre percebemos isto. Ser de Deus, viver por Ele e para Ele não é perda de tempo é ganhar a salvação, não só a vindoura, mas a salvação aqui mesmo nesta terra. Façamos então a experiência da alegria verdadeira, da alegria em Deus, daquela que não nos priva de ser jovem, ao contrário, aquela que nos rejuvenesce a cada dia. Ser Feliz é ser santo, é ser de Deus.