Uma nova Política!!!

O Brasil é um país fascinante de um povo maravilhoso e religioso, tanto que nasceu a expressão Deus é brasileiro!
Estamos em meio de um processo eleitoral, talvez o mais inusitado dos últimos 30 anos!
Eu utilizo a história para nos guiar , não porque a história seja moral, mas por que ela nos explica a sequência dos acontecimentos e, se a história foi escrita por homens, ela também pode ser mudada por homens!
O último mandato presidencial de um militar terminou no dia 15 de março de 1985 com o General João Batista de Oliveira Figueiredo. Os militares passaram o poder para o presidente eleito indiretamente através de um colégio eleitoral. Tancredo Neves, que faleceu antes de posse, passou o governo para José Sarney, que governou até 1990!
O País passava por uma grave crise econômica, com uma inflação de mais de 800% ao ano e o clamor popular por eleições diretas, o movimento que ficou conhecido como DIRETAS JÁ!
Em 1990, na primeira eleição direta pelo voto popular, foi eleito Fernando Collor de Melo, conhecido como o caçador de marajás, vencendo O candidato Luis Inácio da Silva (Lula).No final de 1992, Fernando Collor foi deposto através do impeachment, levando Itamar Franco ao poder até o final de 1994.Em 1994, foi eleito o ex-ministro da fazenda de Itamar Franco, Fernando Henrique Cardoso (PSDB), vencendo o candidato Luís Inácio da Silva (PT), fato que se repetiu também em 1998!
Em 2002, Luíz Inácio da Silva (PT), venceu José Serra, e em 2006 venceu Geraldo Alckmim , ambos do PSDB.Em 2010, Dilma Rousseff (PT), venceu José Serra e, em 2014 venceu Aecio Neves, ambos do PSDB.Em 2016, Dilma sofre impeachment e assumi Michel Temer do PMDB, que governa até dezembro desse ano.Podemos observar que desde 1995 assistimos a polarização de dois partidos no poder: PT e PSDB!
Ambos apostaram sua governabilidade naquilo que chamamos de GOVERNO DE COALIZÃO, onde se conquista uma robusta base de governo, e com ela, a prática maléfica do “toma lá, dá cá”! Prática essa, que propicia o aparecimento da corrupção!
O sentimento de indignação com a corrupção é imanente, mas nos parece necessário alertar que essa corrupção não vem do topo da pirâmide para a base, e sim, no inverso, da base para O topo da pirâmide!
Não existe em nenhum país do mundo, um governo que seja corrupto e em que a população seja honesta, como também, não existe nenhum governo honesto onde a população seja corrupta.Os pontos estão interligados, o governo é o espelho da sua população!
Então olhemos para a população nesse processo eleitoral de 2018!
Qual o critério de escolha dos candidatos? Quem determina a escolha do eleitor? Quantos deputados corruptos estão recebendo votos de cristãos honestos e desavisados do risco dessa prática? Os cristãos são chamados a ser luz e sal do mundo! Não podemos mudar o mundo, mas podemos mudar o nosso mundo!

Voto de Protesto

Cuidado com este tipo de voto, pois os políticos corruptos que não tem mais votos mas Que dominam os partidos políticos, lançam mão de uma estratégia muito simples e eficaz para se elegerem. Eles contratam um palhaço e esse palhaço tira 200 mil votos.
O coeficiente eleitoral é 50 mil votos, então o palhaço elege mais 3 deputados que não se elegeriam se não houvesse os votos vindos dessa estratégia !
Ao final do processo eleitoral, eles elegem o palhaço e nos fazem de palhaços!
Voto de protesto só serve para captar voto e ajudar a alcançar o coeficiente eleitoral desses partidos corruptos!

Votar Nulo ou Branco

O voto nulo, ao contrário do que muita gente pensa, não serve para nada! “Vou protestar votando nulo ou branco!”
Desculpa te falar, não influencia em nada!
Simplesmente pelo fato de NÃO ENTRAR NAS ESTATÍSTICAS DOS VOTOS VÁLIDOS!
Voto nulo/branco nada mais é do que um ato de omissão !!!

Nos vários grupos de discussão e redes sociais que frequento sobre política, são sugeridos critérios para votar, eu escolhi os abaixo:

1.Seu candidato é acusado de alguma corrupção ?
Existem aplicativos de celular que ajudam o eleitor a se informar se o candidato responde a alguma acusação. (Por Ex: detector de corrupção; outra forma bem simples é digitar no Google: fulano dos anzóis acusado de… E espere o resultado)

2. O que o seu candidato pensa sobre Aborto, Ideologia do gênero e valorização da família cristã ?
Quando na sua cidade foi aprovado a ideologia de gênero, provavelmente você, como cristão, ficou indignado e se sentiu impotente!
Esse é o momento onde o impotente é o político!
Exclua esse candidato que pensa diferente de você do meio político, NÃO VOTANDO NELE!

3. Se o seu candidato não for eleito, ele tem risco de ser preso?
Muitos candidatos estão desesperados, pois a única coisa que os impedem de ir para a cadeia é o Foro privilegiado. Sem eleição, sem foro, logo PRISÃO!

4. Seu candidato gasta muito? Tem uma campanha milionária ?
Quem gasta milhões de reais para se eleger, não é para ajudar o próximo! É pelo poder!
Somos democratas e, por isso, defendemos a democracia e recomendamos o debate sobre política, porém, sem a polarização dos últimos 30 anos em torno só de dois partidos e uma mesma ideologia política, mais ampla e voltada para os anseios de renovação que se estendem por todo país!
Tentando simplificar o complexo, diria que: Se você está satisfeito com o andamento das coisas, vote nos mesmos tipos de candidatos e seja feliz! Só não pode depois reclamar da situação, pois quem pensa assim é CÚMPLICE de tudo que ocorre de ruim na política! Precisamos assumir a responsabilidade do “NOSSO EU” na escolha de deputados, senadores, governadores e presidente!
Para finalizar, uma última reflexão: Políticos não tem medo de Justiça, a única coisa que eles tem medo é de não ter voto!

Márcio Vieira – Consagrado da Comunidade Rainha da Paz